NO AR

@uto Dj

Com: DJ Virtual
Horário: O dia todo
ENQUETE

O que você achou do nosso novo site?

Excelente
Ótimo
Muito Bom
Bom
Regular
Ruim
Péssimo
+ ou -

Curta nosso Facebook

REDES SOCIAIS
            
RadiosNet

Ouça nossa rádio em seu smartphone ou tablet pelo app RadiosNet

ESTATÍSTICAS
   Visitantes:  7571
    Usuários Online:  401
 

As Vinte e Sete Pedras

As Vinte e Sete Pedras

Autoria: Jair Coser
03/07/2010

Um senhor, que poderíamos denominar de João, José, entre tantos outros nomes. Contudo, aqui o chamaremos simplesmente de senhor R. O senhor R, nos últimos dias, seguia uma rotina de certa forma estressante. Todas as manhãs, levantava da cama, corria para o banho, tomava seu café e apressadamente deslocava-se porta a fora, em busca de um trabalho que pudesse prover o sustento de sua família. Horas mais tarde, retornava, geralmente irritado pela procura frustrada.

Porém, naquele dia, algo passou a mudar na vida do senhor R. Observou as vinte e sete pedras que tantas vezes usara como pretexto para xingar os responsáveis por colocá-las ali e, principalmente, os que tinham obrigação de retirá-las. Todavia nesta data xx, ao invés de soltar verbos negativos, resolveu retirar uma das pedras, colocando-a fora do caminho traçado pela procura incessante de um emprego.

Na jornada posterior, observara junto à pedra removida, uma outra. Estimulado pelo acontecido, juntou mais uma e uniu-a às outras duas. No terceiro dia, constatou quatro unidades, então resolveu ampliar o número de pedras, colocando, entre as já retiradas, duas, ao invés de só uma. Para sua surpresa, na manhã seguinte havia oito pedras. Curioso pelo fato, retirou mais quatro do caminho e as pôs junto às oitavas já existentes.

No quinto dia, lá já se encontravam dezesseis pedras, pesando em torno (qg) cada. Movido pelo fascínio da remoção das pedras, apanhou outras seis e ampliou-as para vinte e duas. Percebera, então, que já não precisava saltar sobre elas, pois o trajeto automaticamente estava sendo acessível para os transeuntes.

Curioso, escondeu-se entre árvores, pois desejava piamente descobrir quem haveria de imitá-lo. Minutos se passaram, e nada. Já pensara em desistir quando avistou ao longe uma criança aparentando ter entre nove e dez anos. Com a aproximação, reconheceu sua filha, sua pequena Tina. Pensou em correr ao seu encontro, mas conteve-se; foi aí que o senhor R viu, com grande altruísmo, a caçula Tina apanhar quatro pedras e colocar perto das demais.

Como sobrara a número 27, surgiu a dúvida da finalidade da ultima pedra: colocar entre as outras, ou deixar para o amigo oculto? Movia o fragmento de um lado para outro, quando apareceu, das sombras, o seu pai. Ao vê-lo diante de si, surpreendentemente deixou a pedra cair. O senhor R, aproximando-se, apanhou-a e, com emoção, a elevou até a mão da filha, e em silêncio a colocaram sobre as outras vinte e seis.

Uma semana mais tarde, nasceu a Empresa de Terceirização Removedora 27. No começo, pequenos trabalhos no bairro e na cidade. Depois, a Removedora 27 passou a participar de licitações públicas e privadas, e em 15 anos Tina tornara-se presidente e o senhor R feliz pelas vinte e sete pedras terem se transformado em algo respeitável, uma empresa de onde a família e dezenas de funcionários absorviam os benefícios providos pela mesma.

Moral da história:
Todo dia encontramos pedras em nosso trajeto de vida, cabe a nós tentar removê-las.

 

É proibida a reprodução do conteúdo acima em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor, Jair Coser.

Veranópolis RS

E-mail: jair.coser@yahoo.com.br


Copyright © 2017 - ..:::RADIO CLARIN - A RADIO DO AMOR:::..